Vitamina B12 → Para que Serve, Como Tomar e Principais Benefícios

Também conhecida como “Metilcobalamina”, a Vitamina B12 possui uma série de funções importantes no nosso organismo, como por exemplo, prevenir contra a anemia. Veja mais sobre suas vantagens à saúde!


Vitamina B12, em sua forma Metilcobalamina, é uma vitamina do complexo B com diversas ações no corpo humano.

Seus benefícios são notáveis sobretudo em casos de anemia, em doenças neurodegenerativas e outras condições de saúde.

Estudos:
Dada a falta deste nutriente na alimentação brasileira, é cada vez mais comum que médicos e nutricionistas a prescrevam a fim de trazer maior saúde e qualidade de vida para seus pacientes.

Há relatos inclusive de aumento de disposição a partir do seu uso, sem contar indícios que sugerem melhorias no humor e até mesmo na perda de neurônios com o passar do tempo.

Perguntas Frequentes


  • Tem contra indicações?

Sim, este produto é contraindicado para pessoas com hipersensibilidade à vitamina B12, para pessoas que possuem a doença de Leber e para pessoas que tenham gota.


  • Tem bula?

Não, pois este produto é manipulado, o envio da bula não é necessário. Mas, algumas farmácias de manipulação enviam um informativo com dicas e recomendações de uso junto a essa vitamina.


  • Gestantes podem tomar?

Podem, a vitamina B12 é fundamental para a produção de hemácias e para a síntese de DNA, sendo importante para a gravidez, onde a duplicação celular fica mais intensa para haver formações de novos tecidos como a placenta.


  • Quanto tempo para fazer efeito?

O produto começa a fazer efeito em no mínimo 1 semana de uso regular, quando seus benefícios começam a ser notados no dia a dia.


Para que serve?

Por estar diretamente ligada a diversas funções no corpo humano, a Vitamina B12 serve a diversos propósitos e sua suplementação é cada vez mais indicada.

Um uso recente é para a redução de homocisteína, que está intimamente ligada a saúde do sistema cardiovascular.

Além disso, existem diversos estudos que a correlacionam com ação neuroprotetora, coadjuvante na prevenção de anemias e até mesmo como prevenção a doenças como depressão.

Como tomar?

A metilcobalamina pode ser tomada de uma a duas vezes por dia, preferencialmente junto a refeições que contenham gordura, para facilitar sua absorção.

As dosagens variam de 1 a 2mg diários, dividos em 1 ou duas refeições.

Além disso, em pacientes com deficiências comprovadas desta vitamina, pode-se optar por injeções deste composto, a fim de normalizar os níveis sanguíneos de maneira mais efetiva.

Veja abaixo algumas recomendações para tomá-la:

  1. Ingerir diariamente, sempre no mesmo horário;
  2. Tomar junto a uma refeição com gordura, para facilitar sua absorção.

Benefícios

Dada a vasta ação desta vitamina no corpo, listar todos os benefícios é praticamente impossível. Entretanto, abaixo listamos os principais benefícios da suplementação com vitamina B12:


Ação neuroprotetora

Há uma relação cada vez mais evidente entre altos níveis de B12 no sangue e a ausência de doenças neurodegenerativas.

Estudos correlacionam a metilcobalamina a uma redução na morte de neurônios, o que explicaria sua ação nesse tipo de doença.

Essa ação cerebral também é visível graças a modulação de humor que acontece com quem a utiliza, uma vez que possui propriedades antidepressivas.


Prevenção de anemia

Por estar intimamente ligada a produção e manutenção da saúde das hemácias, a vitamina B12 é um dos elementos chave na prevenção e tratamento de anemias.

Muitas vezes, a simples suplementação com ferro pode não ser o suficiente para estes quadros mais graves de anemia.

Há inúmeros protocolos médicos que a incluem, inclusive, em forma injetável.


Facilitação da síntese de energia nos músculos

Por atuar na criação de energia nas mitocôndrias, a B12 facilita a produção de ATP, o que aumenta a energia nos músculos.

Esta função é muito buscada por atletas de força, que, além de precisarem de muita energia em curto espaço de tempo, precisam também se recuperar rápido para as próximas séries.

Há ainda relação direta com o anabolismo celular.

Leave a Reply