Ginkgo Biloba → Como Tomar e Seus Benefícios

Ginkgo Biloba é um importante suplemento para a saúde do organismo. Seus compostos ajudam no sistema cerebral e também no sistema circulatório. Confira.


O ginkgo biloba é a mais antiga espécie de árvore terrestre, e é considerada o símbolo da sabedoria por conta de suas propriedades terapêuticas, inclusive é utilizado na composição de vários medicamentos para problemas circulatórios e doenças pulmonares.

Embora seja apreciada como uma árvore ornamental, seu sucesso vem devido aos seus inúmeros benefícios à saúde, como combater o envelhecimento celular e proteger as capacidades cognitivas, como a memória e concentração.

Contém compostos ativos que ajudam também na circulação sanguínea, principalmente na vascularização e funcionamento de diversos órgãos, como o cérebro e o coração.

Para que serve?

Ginkgo biloba apresenta diversas propriedades medicinais, tanto para uso interno quanto externo, cujos resultados são extremamente benéficos à saúde.

Favorece uma boa circulação sanguínea, possuindo ações anticoagulantes e vasodilatadoras, o que impede a formação de tromboses e coágulos, além de facilitar a dilatação dos vasos sanguíneos.

Além disso, reforça as funções cerebrais, especialmente em casos de demência senil, promovendo a memória e ajudando na concentração e raciocínio.

Também compõe a base de cremes anti-idade, por conta de suas propriedades protetoras e reparadoras.

Como tomar?

Está disponível em cápsulas, comprimidos ou soluções, contendo geralmente a mesma concentração de princípios ativos.

Recomenda-se tomar de 120 a 240 mg por dia, em 1 ou 2 administrações, antes de duas das principais refeições do dia.

Pode-se fazer excelentes combinações com este composto, conheça algumas delas:

  1. Para benefícios na circulação: tomá-lo junto com arginina ou citrulina;
  2. Para benefícios cerebrais: tomar junto com ômega 3.

É um suplemento que proporciona muitos benefícios à saúde, entre os quais podemos destacar:


Controle da pressão arterial

Por se tratar de um fluidificante sanguíneo natural, ajuda a melhorar a circulação sanguínea, o que se reflete no controle da pressão arterial.

Isso ocorre pois o ginkgo biloba estimula a produção de óxido nítrico, e que por possuir função vasodilatadora, é benéfico para pessoas com hipertensão arterial.

Alguns pesquisadores afirmam que, além de suas propriedades vasodilatadoras, possui também efeitos anticoagulantes, cujos extratos podem combater problemas circulatórios, como pernas pesadas ou mesmo varizes.


Melhora a função cerebral

Suas propriedades antioxidantes é o que permite o Ginkgo biloba proteger o organismo dos radicais livres, o que ajuda a prevenir o envelhecimento cerebral.

Vários estudos comprovam seus efeitos para prevenir ou tratar problemasneurológicos característicos do declínio cognitivo.

Sabe-se que indivíduos que sofrem de demência obtêm muitos benefícios, pois seus compostos estabilizam ou retardam a baixa das funções cognitivas.

Além disso, uma suplementação aprimora a função cerebral, melhorando a memória e concentração.


Ajuda na saúde ocular

É um suplemento que ajuda na saúde ocular, principalmente na prevenção do glaucoma, retardando inclusive sua progressão.

No caso específico do glaucoma, é uma doença que atinge o nervo ótico em razão de uma elevação da pressão intraocular, onde cerca de 5% de pessoas com mais de 70 anos são afetadas.

Isso ocorre por facilitar a circulação sanguínea em direção do nervo ótico, e assim, melhora a visão.


Perguntas frequentes


  • Ginkgo Biloba emagrece?

O ginkgo biloba em si não emagrece, mas quando combinado com exercícios físicos e uma dieta balanceada, pode ajudar na redução de peso.


  • Possui contraindicações?

Sim, possui. Suas contraindicações são para pessoas com hipersensibilidade ao produto.


  • É aprovado pela Anvisa?

Sim, o ginkgo biloba da FarmaLivre passou por diversos testes rigorosos da Anvisa, e teve seus resultados comprovados.


  • Gestantes podem tomar?

Este suplemento não deve ser ingerido na gravidez. Mas caso queira usá-lo é recomendado o acompanhamento médico.


 

Leave a Reply