Cúrcuma → Para que Serve e Seus Principais Benefícios

A Cúrcuma pode ser considerada muito mais que um tempero. Esse suplemento também é responsável por vários benefícios para a saúde, atuando em diversos sistemas, promovendo o bem-estar. Confira.


A cúrcuma é popularmente conhecida por diversos nomes, como por exemplo, açafrão-da-terra, açafrão-da-índia e turmérico.

Apesar de ser muito utilizada como tempero, essa planta da família do gengibre vem ganhando destaque como suplemento em cápsula, graças a seus inúmeros benefícios.

Importante:
Ela contém poderosos antioxidantes, responsáveis por neutralizar os radicais livres, impedindo que causem danos às células, levando ao estresse oxidativo, ação que pode promover maior saúde para todo o organismo.

Além disso, apresenta propriedades anti-inflamatórias, antidiarréica, hepatoprotetora, anti-espasmódica, imunomoduladora, antiagregante, antitumoral, oftalmológica, antiviral, antifúngica e antibacteriana.

Sendo considerado um grande aliado da saúde e ao bem estar.

Para que serve?

Como já visto, a cúrcuma possui propriedades antioxidantes, o que lhe concede a habilidade de prevenir e auxiliar no tratamento de doenças crônicas e neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Pode também oferecer melhora para o sistema imunológico, responsável por evitar inflamações, infecções e doenças virais. Ajudando a impedir a atividade de agentes patogênicos como fungos, vírus e bactérias.

Essa ação antioxidante pode promover maior saúde a nossa pele, mantendo-a viçosa e jovial, impedindo que fatores externos como os raios UV, causam o envelhecimento precoce e doenças cutâneas.

Pode auxiliar até mesmo no processo de emagrecimento, isso porque equilibra os níveis de açúcar no sangue e mantém o organismo sempre em bom funcionamento e ainda mais, ajuda na constante quebra de gordura, de forma semelhante aos termogênicos.

Ainda mais, ajuda a regular o colesterol, a flora intestinal, melhora a digestão e promove maior saúde do fígado, ajudando a eliminar as toxinas.

Além disso, pode neutralizar os efeitos de alguns agentes cancerígenos, como os encontrados nas comidas processadas, contribuir para a morte programada das células cancerosas e ajudar a reduzir a propagação do câncer.

Como tomar?

Para garantir os melhores resultados e a sua segurança é importante sempre seguir as recomendações de uso e respeitar as dosagens.

A dose posólogica recomendada é de 1 cápsula de 450mg duas vezes ao dia (entre períodos de 12 horas).

Porém, as dosagens podem variar de acordo com o tratamento, por exemplo:

  1. Para osteoartrite: 1 cápsula de 500 mg duas vezes ao dia por 2–3 meses;
  2. Para colesterol alto: 1 cápsula de 700 mg duas vezes ao dia por 3 meses;
  3. Para coceira na pele: 1 cápsula de 500 mg três vezes ao dia durante 2 meses.

A superdosagem desse produto pode causar efeitos colaterais como dor de estômago, diarreia, náuseas e vômito.

Benefícios

A cúrcuma possui inúmeros benefícios que auxiliam em diversos tratamentos, como:


Composto anti-inflamatório

A inflamação é um processo natural do nosso organismo. Ela é uma resposta sobre algum dano causado por agentes patogênicos como vírus e bactérias.

Porém, em alguns casos a inflamação pode ter um período prolongado, o que acaba destruindo os tecidos, tornando mais fácil contrair doenças graves.

A cúrcuma possui poderosas propriedades anti-inflamatórias. Ela apresenta em sua composição uma substância chamada curcumina, que é responsável por bloquear as citocinas inflamatórias.

Ainda mais, pode reforçar o sistema imunológico, ajudando a impedir a ação desses agentes patogênicos, prevenindo assim infecções e inflamações.

Essas ações auxiliam no tratamento de processos inflamatórios, como das doenças artrite, artrose e reumatismo.


Diminui o risco de doenças cardíacas

Como vimos, esse produto possui diversos benefícios, entre eles é importante citar sua ajuda em minimizar doenças cardíacas. Isso se dá pelo fato de aprimorar as funções do endotélio que reveste as câmaras do coração e também os vasos linfáticos.

Outro fator importante é a concentração da vitamina C, que é encontrada na composição da cúrcuma. Ela possui potássio, grande aliado na preservação da pressão arterial.

Além disso, ela contém ação antioxidante, que ajuda a controlar as oxidações e inflamações, ajudando, por exemplo, no controle do colesterol, um dos fatores de risco para essas doenças, reduzindo os níveis de LDL (colesterol ruim) e aumentando o de HDL (colesterol bom).


Previne e ajuda no tratamento da depressão

A curcumina, principal ativo da cúcuma, é um poderoso anti-inflamatório e antioxidante. Isso é benéfico para a depressão porque as pessoas nessas condições costumam ter maior inflamação e estresse oxidativo.

Todos os nossos principais órgãos, incluindo o cérebro, são afetados por essa ação. A inflamação crônica pode resultar em baixos níveis de serotonina e dopamina, neurotransmissores que atuam no controle do humor, e ainda levar à degeneração, em certas áreas do cérebro.

Estudos indicam que essa ação anti-inflamatória e antioxidante pode restaurar na elevação dos níveis desses neurotransmissores e agir na proteção do cérebro, consequentemente levando a melhorias no humor.


Perguntas frequentes


  • Ajuda a emagrecer?

Não há relação entre o consumo de cúrcuma e a perda de peso, no entanto, ela pode reduzir o apetite em algumas pessoas.


  • Grávidas podem tomar?

O consumo de cúrcuma pode ser feito por gestantes, no entanto, consulte o médico antes de iniciar a utilização.


  • Faz efeito em quanto tempo?

A cúrcuma começa a agir desde sua ingestão, no entanto, para redução das dores, os efeitos surgem em cerca de uma semana.


  • É aprovado pela Anvisa?

Sim, a suplementação com cúrcuma longa é aprovada pela ANVISA.


 

7 Comments

  1. Ana Clara Santana 9 de outubro de 2021
  2. Bruno Alves 9 de outubro de 2021
  3. Amanda Freitas 9 de outubro de 2021
  4. Maria Eduarda Araújo 9 de outubro de 2021
  5. Davi Garcia 9 de outubro de 2021
  6. Paula Rocha 9 de outubro de 2021
  7. Breno Biancardi 9 de outubro de 2021

Leave a Reply